26 de nov de 2009

Trepando como um panda

Editado e postado por º..keka..º


Linara era aquele tipo de mulher que os homens costumam chamar de "quente". Não daquelas que demonstram gostar de sexo trajando roupas vulgares e pintando a cara como uma puta. Não, ela fazia parte daquele raro grupo de fêmeas que costumo designar “trepada-surpresa”. Você vai para cama com elas esperando o trivial e, sem que espere, tem de domar uma pantera pronta a te devorar.


Depois de conhecer a encantadora Linara dos passeios de mãos dadas pela praia e dos quase tímidos beijos de despedida no portão de casa, César descobriu que tinha nas mãos uma femme fatale quase dois meses de namoro depois. O que seria um presente dos deuses para qualquer homem, para César transformou-se num tormento.

Ele sofria da síndrome do panda, que nada mais é do que uma baita preguiça de trepar. O termo, segundo disse o terapeuta, tinha a ver com a inaptidão para o sexo dessa espécie de ursos, o que os coloca em risco de extinção. Vida agitada, excesso de trabalho, estresse seriam os motivos que o levavam a ter pouco apetite sexual. No caso dos pandas, sabe-se lá o que acontece. Sugiro uma consulta ao Google Acadêmico para os leitores curiosos.

O fato é que Linara gostava de trepar e César de assistir DVD abraçadinho e depois pegar no sono. Durante um tempo ela até levou na boa. Gostava dele. Mas aos poucos foi se cansando do jeito panda de ser do namorado. Ele, inclusive, contou a ela a história dos ursinhos pouco afeitos a uma foda. Disse que andava tenso com o trabalho, a faculdade, etc. Jurou que tudo ia mudar em breve.

Essa história aconteceu em 2005. Hoje, os pandas machos continuam pouco interessados nas xoxotas gordas das pandinhas. César se formou em jornalismo e, como todo bom profissional da área, lê muitos, assisti a muitos filmes e não come ninguém. Já Linara está namorando um surfista que não sabe nem em que hemisfério do planeta está, mas que transa como um macaco bonobo.

Roberto Guerra. Jornalista, contista.


_______________________________________________________________________
Não conhece a fama dos bonobos? acesse o Google cara-pálida!.
_______________________________________________________________________
Não tenho parte alguma, relacionada a esse conto... eu juro, eu vi aqui.



2 comentários:

Medy disse...

kkkkkkkkkkkkkkk

eu nunca pensei que iria ler uma história que mostrasse tão claramente outra...

miiiinha nooossa!! =O

Prisco on 27 de novembro de 2009 13:45 disse...

Acho que o correto seria: "Não trepando com um panda"!

Seria mais verossímel!!

xD

 

º:..coisas da keka..:º Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare