30 de dez de 2009

Retro 2009 :)

Editado e postado por º..keka..º
Ok, ok. Hora da retrospectiva. Apesar de achar desnecessário olhar pro que passou, relembrar momentos, sejam bons ou ruins sempre  nos fazem tirar lições deles.
Esse foi um ano de novidades pra mim...
Obs: Os fatos relatados abaixo, não apresentam uma sequencia lógica.

Descobri que realmente nunca tinha sentido a sensação de não ser correspondida num amor. Sofri muito por esse amor. Sofri de verdade.
Cheguei bêbada de uma festa, e liguei pro cara. (sim, fui idiota  a tal ponto)
Passei o carnaval segurando vela pra um casal de amigos, e me diverti com a situação.
Fui a um churrasco na casa de uma amiga a noite. Ninguém dormiu. Fui a um passeio de barco de manhã. Ninguém dormiu.
Fui a uma micareta, e não bebi nenhuma gota de álcool.
Fui a um show, e na garrafa de absolut, não sobrou nenhuma gota.
Paguei meu 1º mico em público e dormi - só dormi mesmo - com um amigo... (se vc não lembra, clica aqui.)
Descobri que é possível superar uma dor, se você estiver disposto a isso.
Descobri que posso conhecer pessoas interessantes em uma festa horrível. E que brincar de chutar areia com o seu amigo bobão, não é uma boa idéia, principalmente, se tiver pessoas (que com certeza lembrarão de te "alugar") estiverem por perto.
Conheci o maior mulherengo de todos os tempos. Banquei a cupido. Dei uma de psicóloga. Aprendi muito sobre fidelidade masculina.
Perdi 450 reais em uma noite. Perdi todos os meus documentos (inclusive os do carro).
Registrei um B.O à meia noite, numa delegacia em que só tinha um policial, que estava dormindo.
Recebi uma ligação de madrugada. Um anjo do Senhor, ligou pra minha gerente às 2h da manhã, dizendo que havia encontrado minha carteira, e que tinha o chip de um celular dentro, e ele ligou pra todos os numeros possiveis. Recuperei os documentos às 10 da manhã do dia seguinte.
Cancelei o B.O.
Comi carne de bode, frito, assado e cozido pela 1ª vez (e gostei).
Comi sushi pela primeira vez (e gostei).
Comi um treco ruim pra cecete, no mesmo restô japonês  (e quase vomitei) acho que era com pele de peixe.. Sei lá.. Só vendo mesmo.. De nome só conheço um, que já citei.
Presenciei o o ódio de uma certa chifruda ao quebrar um vidro de um carro, e o roubo de uma jaqueta de couro (minha, mas eu não tinha nada a ver com o dono do carro do vidro quebrado, quero deixar isso bem claro).
Bebi todas na cavalgada. Vi um amigo levar chifre, e não me lembro. Estraguei uma bota de camurça.
Aprendi que confiança é algo que se adquire facilmente, mas que se perde mais facilmente ainda. E que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam (sim, lí  Shakespeare esse ano).
Aprendi que o orgulho é um defeito idiota.  E a falta de orgulho é mais idiota ainda.
Ah.. Retomei o blog e o flog. Criei o twitter. (breve pausa pra aplausos e ovações)
Me decepcionei ao descobrir que alguns amigos saíram da igreja e estão fazendo de tudo que não faziam antes. Mas fiquei feliz, porque com isso, criei um vinculo de amizade imenso, e que não aceito perder por nada nesse mundo.
Tive o fim-de-semana/feriadão mais divertido de toda a minha vida. E a duras penas, aprendi que não importa se você passa o filtro solar fator 50, o sol vai te detonar se você passar mais de 12 horas exposta a ele. E mais, a sua pele vai sofrer por mais de seis meses até se recuperar.
Por mais que as pessoas errem o seu nome, o tempo inteiro, por quatro dias, você não tem o direito de ser grossa, ou mal educada, tentando fazer com que acertem. Erre o nome da pessoa também. Ele em um segundo aprenderá o seu!
Certas amizades, se acabam num estalar de dedos. E eu botei a boca no mundo por pura revolta.
Certas amizades superam a dor da traição. E continuam amizades, talvez até com mais força.
Faltei tantas aulas na faculdade, a ponto de quase reprovar em Estagio Supervisionado I. Mas eu tenho um professor fodástico, que me deu uma super ajuda, não só a mim, como a muitos da minha turma.
Minha turma bombou no administrando 2009.
Não fui a nenhum churrasco da minha turma da faculdade.
Perdi pessoas queridas, para aquela que é inevitável: a morte. Uma, livrou-se de um sofrimento, já a outra, teve sua vida interrompida por uma barbárie (lembram disso?). Vi uma faculdade inteira mobilizar-se pedindo PAZ.
Fui a uma conferencia de um partido político. E adorei.
Aprendi que ficar louca em um show, não é nada bonito pra uma moça como eu.
Fui a lugares que jamais me imaginei: Conheci o Loft, a AABB, o Celeiro Beer, o Araras, o Sahara, o Pagode da Base, e o Batalha.
Fui a muitos barzinhos: Tabernas, Boteco, Santa Cerva, Chicken in (obvio)
Ajudei a organizar uma festa de aniversário em um estacionamento.
Fiz, com a ajuda de amigos, a surpresa do niver da Vivi. Em que o cantor cantou 5 vezes parabéns pra ela. E demos o bolo inteiro pros garçons. Ganhamos um vinho muito bom de brinde. Eu bebi quase todo.
Paguei mico no canal da maternidade.
Paguei mico na faculdade.
Paguei mico em todo lugar.
Perdi mais um celular (com a Vivi)
Ganhei um celular (da Vivi)
Paguei 60 reais pra entrar em uma festa, que eu não deveria ter ido.
Fui chamada de puta por um otário em um show. Mandei ele tomar no cú (cú com acento e tudo, ok?!!)
Falei umas verdades na cara de uma babaquinha...
Ouvi a pior cantada de todos os tempos...
Quase sofri um acidente de transito...
Vi as marcas da violência domestica em uma amiga. Fui com ela ao I.M.L. Vi ela retirar a queixa.
Conversei e acertei as contas com uma pessoa que eu fazia mal juízo. E hoje ele é meu primo-considerado :)
Pedi donativos na porta de um supermercado (meu patrão apareceu)... Visitei um lar de idosos.
Perdoei erros quase imperdoáveis. Redescobri um amor.
Tirei minha carteira de motorista. Abasteci o carro pela 1ª vez. Fui parada em uma blitz pela 1ª vez. Olhei pro guarda com a cara mais inocente, pela 1ª vez. Não levei nenhuma multa.
Mudei de casa.  Mamãe vendeu a chácara. Meu avô mora com agente, agora.
Tomei vergonha na cara, e comprei uma internet móvel.
Não quitei minhas dívidas.
Não fui ao almoço de confraternização na casa do patrão.
Não participei de nenhum amigo-oculto.
Ganhei de papai uma viagem, de 20 dias, pra Bahia. (Diz que é pra vê-lo). Não poderei ir.
Tive a maior crise de enxaqueca de toda a minha vida. 34 horas de dor...
Aceitei a minha felicidade... (que no momento, até possui nome, rsrsrs)


Eu vivi tuuudoo issoo.. E nada foi em vão, tudo tem um propósito.

Vim, vi e venci !!!
Que venha 2010

2 comentários:

Histórias da Thay ♂ on 30 de dezembro de 2009 23:56 disse...

'Certas amizades superam a dor da traição. E continuam amizades, talvez até com mais força.'
concordo .. :D

Amiicumplice disse...

em quase tuuuuudo isso, marquei presença!

e que venha 2010....\o/

 

º:..coisas da keka..:º Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare